Arquivo de etiquetas: Cidadania

O porquê de escrever

Ocorre por vezes a pergunta “mas porquê escrever”?

Quando se tem uma carreira, relações comerciais, há muita gente que hesita em tornar públicas as suas opiniões, sobretudo se estas forem sobre temas polémicos, política, religião, sociedade, relações internacionais. É como se o papel de gestor limitasse a cidadania.

Eu penso o contrário. Somos cidadãos. Escolhemos a nossa forma de expressão. O gestor não o é menos. Pode confundir-se a sua posição e a da companhia? Pode. É um representante da companhia? É – às vezes. Mas se as coisas forem claras entre ele e a empresa, e se houver uma política de empresa clara ou um acordo entre a pessoa e a companhia, está resolvido. E mais – pela posição que ocupam, muitos gestores têm influência numa sociedade. Caso tenham ideias, valores que querem promover, os líderes empresariais deveriam saber usar a sua posição para lutar por esses ideais. A gestão é uma atividade nobre que nada deve temer a outras profissões.

Finalmente, poderíamos fazer uma reflexão sobre o silêncio dos gestores. Porque não têm visibilidade, em Portugal, os gestores, os líderes de empresas? Porque não há pessoas de referência fora do círculo político? Porque são tão raras as declarações públicas, as posições de alguns dos nossos mais relevantes industriais? Porque nada têm a dizer? Porque se ocupam tanto com o seu trabalho que a sociedade lhes escapa? Não é claro para mim, e não quero pensar que abraçado com o silêncio se encontre o medo de dizer alguma coisa. Porque isso é a medida do peso das influências.